Escolha a sua próxima formação
já escolheu a sua próxima formação?

Entrevista com João Moita

13-08-2019

 

 
   

 AVALIAÇÃO POSTURAL GLOBAL

 

 

O João Moita é Osteopata da Escola de Dança do Conservatório Nacional é um apaixonado pela análise do movimento humano e pelo ensino de um adequado raciocínio de prescrição de exercício adequado a cada contexto de disfunção músculo-esquelética. Será formador na Formação de “Avaliação Postural Global” e no “Curso Avançado Exercício Clínico para Saúde Músculo-Esquelética”, no centro de Formação da Clínica das Conchas.

 

Formação Clínica das Conchas - A postura é a capacidade de manter e movimentar as partes corporais de maneira coordenada e confortável, sem perder a funcionalidade dos gestos, sem sobrecarregar o sistema ósteo-articular e sem gerar tensões desnecessárias. É possível estabelecer um padrão postural?

 

João Moita - Todos temos padrões posturais próprios, que são dinâmicos e são fruto da nossa vivência. O que é preciso perceber é que esses mesmos padrões para serem considerados ideais ou funcionais devem permitir que a pessoa tenha o máximo de eficiência com a sua estrutura que é o corpo humano. É preciso não ceder à tentação de querer impor modelos posturais que por vezes não são aplicáveis a determinadas estruturas.

 

 
Fomação Clínica das Conchas - A avaliação postural é uma temática cada vez procurada pelos profissionais de saúde. Qual é afinal o seu principal objetivo?

 

João Moita - O principal objetivo da avaliação postural é estabelecer um ponto de partida para uma potencial intervenção sobretudo no âmbito da reabilitação que envolve o aparelho músculo-esquelético.  

 
 

Formação Clínica das Conchas - O que poderão esperar os formandos ao longo da sua intervenção na formação “Avaliação Postural Global”?

 

 

João Moita - Poderão esperar uma abordagem centrada na pessoa e não nos modelos posturais. Ler objetivamente o corpo é uma tarefa difícil que requer total isenção de pré-conceitos ou ideologias posturais. Caso contrário não será possível fazer a diferença. No fundo a minha intervenção centrar-se-á na compreensão da anatomia e aquilo que o esquema corporal nos poderá dizer sobre as pessoas que temos à frente!

 
Mais informações do curso AQUI
 

 

VOLTAR
Partilhar