CURSO MODELO DE PREPARAÇÃO INTEGRAL DO JOVEM FUTEBOLISTA
Treino de Qualidades Físicas
22
abr
CURSO MODELO DE PREPARAÇÃO INTEGRAL DO JOVEM FUTEBOLISTA
Treino de Qualidades Físicas

O futebol é a modalidade desportiva mais praticada em Portugal, seja por crianças, adolescentes ou adultos. Reconhecendo as particularidades fisiológicas, cognitivas e comportamentais dos jovens futebolistas visar-se-á a sua preparação integral para se conseguir exponenciar o trabalho de formação.

Depois de aquisição de conhecimentos no âmbito da avaliação da condição física, abordar-se-á o treino das capacidades motoras (força e capacidades coordenativas), o treino da ação tática e da tomada de decisão no futebol. Por fim, serão apresentadas propostas de planificação do trabalho a realizar com jovens futebolistas.
 
5 UC para renovação do Título Profissional de Treinador de Desporto – Componente Geral Graus I-II-III-IV
 
 
Possibilidade de Pagamento em prestações - Ver Regulamento

 

Edição Nº:
1
Tipologia:
Curso
Nº Horas:
25
Créditos:
5
Distrito:
LISBOA
Início:
22-04-2017
Horário:
09h00 - 13h00 | 14h00 - 18h00
Fim:
29-04-2017
Capacidade máxima:
20
Investimento:
240€
Profissões Relacionadas:
Técnico de Exercício Físico, Professor de Educação Física, Treinador Desportivo

Apresentação

O futebol é a modalidade desportiva mais praticada em Portugal, seja por crianças, adolescentes ou adultos. Reconhecendo as particularidades fisiológicas, cognitivas e comportamentais dos jovens futebolistas visar-se-á a sua preparação integral para se conseguir exponenciar o trabalho de formação.
Depois de aquisição de conhecimentos no âmbito da avaliação da condição física, abordar-se-á o treino das capacidades motoras (força e capacidades coordenativas), o treino da ação tática e da tomada de decisão no futebol. Por fim, serão apresentadas propostas de planificação do trabalho a realizar com jovens futebolistas.
 
Objetivos Gerais
  • Identificar as articulações e musculatura do corpo humano preponderantes no futebol e reconhecer as lesões mais prevalentes
  • Identificar exercícios e desequilíbrios musculares prejudiciais
  • Identificar possível periodização do treino de força
  • Conhecer o correto reforço muscular e trabalho de flexibilidade a realizar
  • Otimizar período de aquecimento e retorno à calma
  • Reconhecer a importância das capacidades coordenativas no seio do jogo de futebol
  • Conhecer a importância da velocidade na melhoria da performance do futebolista
  • Compreender o contexto da tomada de decisão dinâmica no desporto
  • Elaborar programas de treino específicos, numa sequência lógica, para prevenir lesões desportivas e melhoram rendimento desportivo;
  • Construir programas de treino com especial enfoque no treino das diferentes capacidades coordenativas;
  • Produzir tarefas de exercitação para o treino das diferentes manifestações da velocidade;
  • Elaborar exercícios de treino que visem a melhoria da tomada de decisão
 
 
Destinatários
  • Treinadores de Futebol dos diferentes níveis competitivos, Preparadores Físicos e Recuperadores Físicos;
  • Licenciados ou estudantes nas diversas áreas da Educação Física e Desporto, Ciências do Desporto, Exercício e Bem-Estar e Treino Desportivo;
  • Detentores do Título Profissional de Técnico/a de Exercício Físico (TPTEF), Título Profissional de Diretor/a Técnico/a (TPDT) e Título Profissional de Treinador/a de Desporto (TPTD).

 Cronograma

Dia e Mês

Bloco

Horas

Conteúdo

22

I

6

Avaliação da aptidão física em jovens futebolistas

II

2

Treino de força em jovens futebolistas

23

III

8

O treino das capacidades motoras em jovens futebolistas – treino das capacidades coordenativas; treino velocidade específica

29

IV

6.5

O Treino da ação tática e da tomada de decisão no futebol

V

2.5

Criação de um microciclo de treino com jovens futebolistas

 Conteúdos Programáticos:

Bloco I (6H) – Avaliação da aptidão física em jovens futebolistas

Componente teórica

  • Anatomia funcional e cinesiologia
  • Identificação das lesões mais prevalentes futebol
  • Avaliação da composição corporal e comparação valores de referência
  • Avaliação funcional
  • Avaliação da aptidão cardiorrespiratória
  • Avaliação da aptidão muscular

Componente prática

  • Testes de terreno na avaliação da composição corporal (bioimpedância, pregas e perímetros)
  • Testes de avaliação funcionais 
  • Testes sub-máximos e máximos de avaliação da aptidão cardiorrespiratória (exemplo: teste yo-yo intermitentt recovery level 2)
  • Testes de avaliação da força máxima e força de resistência

Bloco II (2H) - O treino das capacidades motoras com jovens futebolistas

  • Treino de força adaptado para jogador futebol

Bloco III (8H) - O treino das capacidades motoras com jovens futebolistas

Componente teórica

  • Treino das capacidades coordenativas
    • O que são as capacidades coordenativas
    • Objetivos do treino das capacidades coordenativas
    • Quando treinar capacidades coordenativas
  • Treino das velocidades específica do futebol
    • As velocidades específicas do futebol
    • Objetivos no treino da velocidade
    • Critérios metodológicos para o treino da velocidade
    • As velocidades no contexto do futebol

Componente prática

  • Exercícios gerais
  • Exercícios específicos
  • Exercícios contextualizados

Bloco VI (6,5 H) – O Treino da ação tática e da tomada de decisão no futebol

Componente teórica

  • Fatores que condicionam a tomada de decisão (fisiológicos, técnicos, psicológicos)
  •  Hierarquização dos diferentes tipos de jogar (Fut 4, Fut 5, Fut 7)
  • Representatividade dos exercícios de treino

Componente prática

  •  Elaboração de exercícios para o treino da tomada de decisão (jogos reduzidos e condicionados)

Bloco V (2,5H) – Criação de um microciclo de treino com jovens atletas

  • Distribuição dos conteúdos de treino pelas diferentes unidades de treino do microciclo
  • Organização das diferentes unidades de treino do microciclo

 

IMPORTANTE

A inscrição só fica validada (inscrição definitiva) após o pagamento.
Sendo as vagas limitadas, recomendamos que a inscrição seja validada com a maior antecedência possível.
 
Metodologias de desenvolvimento da formação
Formação contínua, em regime de frequência presencial em sala, sendo a assiduidade mínima exigível na globalidade de 80%, necessários para a obtenção do certificado de frequência de formação profissional.
O controlo da assiduidade dos formandos é efetuado através do preenchimento de um registo de presenças a distribuir pelo formador em cada sessão.
Os métodos pedagógicos utilizados são essencialmente, preleção, role-play, utilização de cenários clínicos, resolução de problemas, realização de tarefas, reflexão crítica e componente prática.
 
Modelo de Avaliação
Não aplicável – Questionário de avaliação global da formação
Avaliação da reação/satisfação dos formandos com o objetivo de aferir o seu grau de satisfação em relação à ação de formação e às condições em que a mesma decorreu.
 
Assiduidade e Pontualidade
Para ter acesso ao certificado, o formando deverá estar presente em 80% da carga horária do curso. Serão registadas presenças em cada sessão (manhã e tarde).
O formando deverá ser pontual. Para efeitos de contabilização de presença, permitir-se-á uma tolerância de 15 minutos antes do início da cada sessão.
 
Recursos Pedagógicos e Espaços
Todas as ações de formação têm sala equipada de forma a permitir o uso de equipamento de apoio como: computador portátil, videoprojector, quadro branco, entre outros.
Os espaços utilizados possuem dimensão, luminosidade, temperatura, ventilação, níveis de ruído e condições de higiene e segurança adequados
 
Informações Diversas
Os formandos deverão trazer roupa desportiva e uma toalha para a componente prática.
O preço inclui documentação de apoio.
Os conteúdos de carácter teórico serão facultados aos formandos através do Área Pessoal, inserido no site Formação Clínica das Conchas http://www.formacao.clinicadasconchas.pt/pt/conta/ que terão acesso através de username e password do registo.
 
Certificado/Diploma Atribuído
No final do curso será atribuído um Certificado de Frequência em Formação Profissional.
O certificado estará disponível, num prazo de 2 semanas, na Área Pessoal, inserido no site Formação Clinica das Conchas.
5 UC para renovação do Título Profissional de Treinador de Desporto – Componente Geral Graus I-II-III-IV.
 
 

Vagas e Critérios de Seleção

Vagas limitadas.
Seleção por ordem de chegada das inscrições e cumprimento dos requisitos de acesso.
O Club Clínica das Conchas reserva-se no direito de cancelar a formação caso não haja um número mínimo de participantes ou ocorrer qualquer outro motivo que obste à realização da formação, procedendo apenas à devolução total do valor da inscrição, quando tiver havido um pagamento, sem que possa ser reclamado qualquer outro direito indemnizatório.
 
Desistências e Devoluções
No caso de desistência de uma inscrição definitiva, (comunicada por email para formacao@clinicadasconchas.pt, no mínimo com 4 dias úteis antes da formação) a Clínica das Conchas devolverá o valor previamente pago pelo cliente, cobrando contudo, uma taxa de gestão de €20 (vinte euros) para fazer face a custos administrativos.
 
Pagamento por prestações
Para inscrições com valor superior a 200€, aceita-se o pagamento em 2 parcelas de 50%, com o acréscimo de uma taxa de gestão de 10€, paga no momento da 1ª prestação, sendo que a 2ª prestação deve ser sempre liquidada 15 dias antes do início da formação. O pagamento fracionado apenas é possível através de transferência bancária, mediante inscrição online no curso e comunicação prévia para formacao@clinicadasconchas.pt
 

Avaliação da aptidão física em jovens futebolistas – 6 horas; Treino de força em jovens futebolistas – 2 horas; Treino das capacidades coordenativas e treino da velocidade específica – 8 horas; O treino da ação tática e da tomada de decisão no futebol – 6.5 horas; Criação de um microciclo de treino com jovens futebolistas – 2.5 horas.

VOLTAR
Adicionar à Wishlist:
Quer saber mais sobre esta formação? Contacte-nos!
Voltar