Sobre a formação

Nº Horas:
32
Capacidade máxima:
15
Créditos:
3.2
Horário:
VER PROGRAMA
Início:
26-10-2024
Fim:
30-11-2024

 As aulas online síncronas serão disponibilizadas em ARQUIVO por tempo limitado.

 

 Para quem é:

  • Licenciados em Ciências do Desporto, Educação Física e Desporto, Exercício e Bem-Estar, Medicina, Enfermagem ou Fisioterapia.

 

 

Razões para participar

  • As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte mundial
  • Prescrever um programa de exercício físico para indivíduos com doença cardiovascular em segurança
  • Aprimorar os seus conhecimentos no campo das doenças cardiovasculares para usar no seu trabalho atual
  • Os Programas de reabilitação cardíaca estão em plena expansão a nível nacional, com carência de recursos especializados
  • Incorporar equipas multidisciplinares em ginásios, clínicas ou hospitais
  • Reúne especialistas Nacionais nas várias temáticas, e, com caráter interdisciplinar (Médicos, Fisiologistas do Exercício e Fisioterapeuta)
  • Articulação com programas de reabilitação cardíaca existentes

 

Objetivos

  1. Dotar os formandos com conhecimentos e competências necessárias para prescrever e administrar um programa de exercício físico terapêutico de forma segura e efetiva em indivíduos com doença cardiovascular
  2. Abordagem clínica e transfere do doente em fase I (internamento) para a fase II (hospital/centro clínico)
  3. Interação com equipas multidisciplinares de programas de reabilitação cardíaca de fase II
  4. Avaliação clínica do paciente que vai iniciar o programa de reabilitação cardíaca de fase III (comunitária)
  5. Prescrição de exercício físico para doentes com indicação para participarem em fase III
  6. Introdução a componentes de modificação comportamental

 

Programa

 Cronograma

Dia e Mês

Sessão

Horas

Horário

Conteúdo

Formador

26 outubro

Sáb.

1

5

14h-19h

Sistema cardiovascular e exercício

Doença cardiovascular

Introdução à Prevenção e Reabilitação Cardíaca

Nelson Cunha

27 outubro

Dom.

2

8

09h-18h

Reabilitação Cardíaca fase I e II

Procedimentos terapêuticos em Fisioterapia Respiratória

Pedro Silva

09 novembro

Sáb.

3

5

14h-19h

Reabilitação Cardíaca em Portugal

Transição da fase II para a fase III

Modificação comportamental

Rita Pinto

10 novembro

Dom.

4

4

09h-13h

Reabilitação Cardíaca fase III: Avaliação

Rita Pinto

23 novembro

Sáb.

5

5

14h–19h

Reabilitação Cardíaca fase III: Prescrição de Exercício Físico

Rita Pinto

24 novembro

Dom.

6

4

09h–13h

Casos Clínicos

Rita Pinto

30 novembro

Sab.

7

1

14h

Avaliação

 

 

 

 

 

 

 

 

Sessão 1

  • Sistema cardiovascular e Exercício
    • Introdução ao sistema cardiovascular
    • Adaptações cardiovasculares agudas ao exercício físico
    • Adaptações cardiovasculares crónicas ao exercício físico
  • Doença cardiovascular
    • Fatores de risco e estratificação do risco cardiovascular
    • Síndrome de insuficiência cardíaca e doença cardíaca isquémica
      • Patologia e apresentação
      • Investigação e diagnóstico
      • Tratamento médico / cirúrgico e dispositivos cardíacos (pacemaker/CRT/CDI)
  • Introdução à Prevenção e Reabilitação Cardíaca
    • Definição, objetivos e componentes da reabilitação cardíaca
    • Indicações e recomendações clínicas para a reabilitação cardíaca
    • Evidência da reabilitação cardíaca
    • O processo de reabilitação
    • Fases
    • Mudança de comportamento e entrevista motivacional
    • Prova de esforço e PECR na reabilitação cardíaca
    • Estratificação de risco na reabilitação cardíaca
    • Reabilitação cardíaca centre vs. home-based
    • Considerações Nutricionais na Reabilitação Cardíaca
    • Considerações Psicossociais na Reabilitação Cardíaca
    • Noções sobre cessação tabágica
    • Procedimentos de emergência
    • Perspetivas da Reabilitação Cardíaca em Portugal
    • Barreiras para adesão longo termo e soluções

Sessão 2

  • Reabilitação Cardíaca fase I: principais componentes de intervenção. Intervenção hospitalar vs domiciliário
  • Fase II: Avaliação do doente cardiorrespiratório
    • Principais componentes da reabilitação cardiovascular
    • Estratégias coadjuvantes ao exercício
    • Prescrição de exercício em populações especiais (Insuficiência cardíaca, idosos, DAP)
  • Procedimentos terapêuticos em Fisioterapia Cardiorrespiratória
  • Casos Clínicos

Sessão 3

  • Reabilitação Cardiovascular em Portugal: números e principais barreiras de adesão
  • Transição da Fase II para a Fase III
    • Que exames pedir e interpretar?
  • Modificação comportamental: atividade física e comportamento sedentário em programas de reabilitação cardíaca

Sessão 4

  • Reabilitação Cardíaca fase III:
    • Avaliação funcional, da aptidão aeróbia, da força e da composição corporal em pessoas com doença cardiovascular
    • Interpretação e análise de provas de esforço convencionais e cardiorrespiratórias em pessoas com doença cardiovascular e suas especificidades
    • Estratificação de risco para a prática de exercício físico em pessoas com doença cardiovascular
    • Benefícios e efeitos do exercício físico em pessoas com doença cardiovascular nos diferentes tipos de patologia (doença das artérias coronárias, insuficiência cardíaca com fração de ejeção preservada e reduzida, dispositivos implantáveis (CDI, CRT), doença valvular, doença arterial periférica, doença congénita)
    • Resolução e discussão de casos clínicos

Sessão 5

  • Reabilitação Cardíaca fase III:
    • Prescrição de exercício físico para pessoas com doença cardiovascular:
      • Treino Aeróbio (contínuo moderado vs. intervalado de alta intensidade)
      • Treino de Força Muscular
      • Treino Combinado
      • Outros tipos de treino (aquático, yoga, tai-chi, etc)
    • Especificidades e cuidados na prescrição de exercício físico em pessoas com doença cardiovascular
    • Telereabilitação e novas tecnologias

Sessão 6

  • Apresentação, resolução e discussão de casos clínicos

Sessão 7

  • Teste escrito de avaliação de conhecimentos dos módulos ministrados até esta data
  • Para teres acesso ao processo de avaliação, deves estar presente em 80% da carga horária do curso até à data de realização do teste
  • Para seres considerado aprovado no curso, a nota obtida, deverá ser igual ou superior a 9,5 valores (escala de avaliação 0-20 valores)

 

Investimento

370€ / 335€ / 295€
até 27-08-24
Pague em prestações mensais:
2X, 3X, 4X, 5X
a partir de 61.95 €
Desconto Especial:
5% para inscrição em grupo de 2 pessoas
10% para inscrição em grupo de mais de 2 pessoas

Perguntas frequentes

Posso deduzir o valor da formação no meu IRS, como despesa de educação?

 Sim, as nossas formações são certificadas pela DGERT, o que significa que poderás incluir como despesas de educação no IRS.

Esta formação atribui créditos para a renovação do meu título profissonal TEF?

Sim, esta formação atribui UCs para renovação do título profissional de tecnico de exercicio físico.

Podes verificar o número de UCs no inicio da página no item CREDITOS.

Que tipo de certificado obtenho no final da formação?

No final da formação irás receber um Certificado de Frequência de Formação Profissional DGERT, em formato digital, disponível na tua AREA PESSOAL, num prazo de 2 semanas após término da ação. 

Posso fracionar o meu pagamento?

Os cursos com facilidade de pagamento têm essa referência na página do curso. Na inscrição pode selecionar pagar a totalidade ou dividir em prestações, escolhendo o número de mensalidades que pretende.

Estou inscrito numa formação síncrona-100% online- com hora marcada. Quando recebo o acesso?

O link para aceder à formação é enviado por email, 1 DIAS ANTES, da data de início.

Certifique-se de que a mensagem não foi enviada para a sua pasta de SPAM.

Como posso fazer a validação de créditos nas formações com certificação IPDJ?

No final de cada ação de formação, a Clínica das Conchas envia listagem de todos os formandos que estiveram presentes na formação, para o IPDJ.

O processo seguinte de atribuição dos créditos assim como o timing para a sua atribuição é da responsabilidade do IPDJ. Qualquer dúvida deverá entrar em contacto direto com o IPDJ.

O número de contribuinte será utilizado pelo IPDJ para atribuição das unidades de crédito da formação. Verifique que o mesmo está correto e atualizado na sua conta pessoal.

Precisa de Ajuda?